30 de jun de 2010




Era uma vez!


... Uma Ilha onde moravam todos os sentimentos,
a alegria, 
a tristeza,
a vaidade,
a sabedoria,
o amor e outros.
Um dia avisaram para os moradores dessas Ilha que ela ia ser inundada.
Apavorado, o amor cuidou para que todos os sentimentos se salvassem.
Ele disse:    -Fujam ! toda a Ilha vai ser inundada.
Todos correram e pegaram um barquinho, para irem a um morro bem alto,
só o amor não se apressou, e queria ficar um pouco mais na Ilha.
Quando estava quase se afogando, correu para pedir ajuda,
vinha vindo a riqueza, e ele disse:
-Riqueza me leva com você?
A riqueza respondeu:
-Não posso, você vai sujar meu barquinho novo.
Daí passou a tristeza, e ele disse:
-Tristeza me leva com você?
-Ah! Amor estou tão triste, prefiro não te levar.
Passou a alegria, mas ela estava tão contente que nem ouviu o amor.
Desesperado e achando que ia ficar para trás, o amor começou a chorar.
Então passou um velhinho num barco e falou:
-Sobe amor, que eu levo você.
O amor ficou tão feliz, que até se esqueceu de perguntar o nome do velhinho.
Chegou no alto do morro, e perguntou a sabedoria:
-Quem era o velhinho que me trouxe?
A sabedoria respondeu:
-O tempo!
-Mas porque só o tempo me trouxe?
-Porque só o tempo pode salvar um grande amor.

Em momentos de grande aflição e desespero,
quando estamos na busca da salvação do nosso amor,
devemos dar tempo ao tempo,
pois ele é o grande aliado que te ajudará nessa hora.



Nenhum comentário: